Assembleia da Fojebra conta com participação de diretores paraibanos

Os diretores presidente, vice-presidente e jurídico do Sindojus-PB, Benedito Fonsêca, Joselito Bandeira e Alfredo Miranda, participaram ontem em Brasília, de assembleia da Fojebra, entidade da qual são, respectivamente, diretores financeiro-adjunto, de assuntos legislativos e jurídico-adjunto.

Diversos os vários pontos constantes da pauta, foram discutidas medidas eficazes contra entidades sindicais que tentar inibir o trabalho realizado pela Fojebra, inclusive por questões políticas.

“Tal postura antisindical vem atrapalhando o desenvolvimento dos Oficiais de Justiça no Brasil e no Estado referente a essas entidades. É preciso que os Oficiais de Justiça de alguns Estados da Federação acompanhem o que seus diretores andam fazendo”, afirmou o presidente da Fojebra, Edvaldo Lima.

A pedido de um dos coordenadores do “Conojus”, foi colocado em votação a participação dos membros da Fojebra no referido Congresso que acontecerá na cidade do Espírito Santo, por unanimidade os 16 Estados votaram pela não participação no evento. A Fojebra ratificou seus compromissos com a ética e moral e dentro dos seus quadros de filiados só aceitará entidades que de fato tenham compromisso com a categoria dos Oficias de Justiça e que zele pelo bom nome da justiça.

Por fim, foi apresentado a todos os participantes um novo aplicativo, desenvolvido pelo Sindojus-AL que auxiliará o Oficial de Justiça na resolução dos conflitos. O presidente da Federação agradeceu a confiança e participação de todos os presentes.