Comunidade Maria de Nazaré inicia festa da padroeira nesta quinta-feira

A Comunidade Maria de Nazaré, no conjunto Funcionários III, em João Pessoa, e que faz parte da Paróquia Sant’Ana, inicia na noite desta quinta-feira (19) a festa da sua padroeira. “Com o tema ‘ Maria, Estrela da Evangelização’, serão três dias de muita fé e devoção”, comentou o padre Edilson Figueiredo ao destacar que o grande momento da festa será o círio que acontecerá na manhã do próximo domingo.

Padre Figueiredo explicou que o Círio de Nazaré nasceu em Belém do Pará há mais de duzentos anos e reúne quase 3 milhões de pessoas. ” Trabalhei por vários anos na Amazônia e como na nossa Paróquia temos uma comunidade com o nome de Maria de Nazaré há quatro anos eu resolvi fazer o círio aqui em João Pessoa que é o primeiro círio da Paraíba. O círio começa com uma missa solene as 7 horas da manhã na Paróquia Sant’ Ana e logo em seguida sairá o cortejo levando a imagem de Maria Nazaré na Berlinda até a Capela que leva o seu nome. Durante o percurso, os fiéis serão guiados por uma grande corda.
De acordo com a programação que começará sempre as 18h30 acontecerá adoração ao Santíssimo, missa ou celebração com a participação de todas as comunidades, movimentos e serviços da Paróquia. A festa será encerrada no sábado ( 21) iniciando com a procissão saindo da Comunidade São Paulo Apóstolo em direção a Maria de Nazaré onde será celebrada uma missa solene pelo padre Edilson Figueiredo.
” Quando celebramos a festa do nosso padroeiro, celebramos ação de graças a Deus, não é uma adoração a um santo, e sim, uma veneração aos Santos, um momento de respeito a uma pessoa que durante sua vida, deixou governar-se por Cristo, e por isso se dedicou-se aos pobres na caridade. Celebrar a festa de um padroeiro, é vivenciar a presença de Deus na humanidade, e na comunidade”, explicou o padre.
O padre explica que celebrar a festa do padroeiro ou padroeira é renovar o ardor missionário e vivenciar a graça de Deus na sua vida do cristão católico e esse será mais uma oportunidade para aliviar os pecados e reavivar o compromisso com Cristo e a Igreja”, comentou Edilson Figueiredo. “ Que cada pessoa desta Paróquia saiba vivenciar esse momento na paz, na alegria e harmonia espiritual, respeitando cada pessoa que venha participar da dessa festa tão bonita e que a bondade infinita do Pai Eterno consagre a todos na força do Espírito Santo em nome de Jesus pela intercessão da senhora Sant’ Ana” , finalizou o padre.