Secretária de Assistência Social diz que foi agredida por ex-vereador na Câmara de Patos

19/10/18

A atual Secretária de Assistência Social de Patos, Edjane Araújo narrou em entrevista ao radialista Abrantes Júnior a agressão pela qual foi vítima, na noite da última quarta-feira (17) nas dependências da Câmara de Patos, por parte do ex-vereador Marcos Eduardo.

Ainda abalada, Edjane disse que ainda estava sem acreditar no que ocorreu, principalmente pelo fato de ser mulher e passar pela insegurança dentro do Poder Legislativo.

Ela explicou que estava de saída do Plenário da Casa Legislativa pelos corredores, que só tem acesso são os vereadores, quando foi pega de surpresa por Marcos Eduardo.

“Ele pegou nos meus braços e chacoalhava e dizia, gritava aos berros, que eu e o vereador Diogo somos falsos e que estamos sendo contra os vereadores. Agora isso eu não sei qual o motivo, apenas porque eu estou ajudando ao prefeito Bonifácio Rocha e ele sem controle me apertava e me chacoalhava, inclusive chegando até a me bater na parede”, contou os detalhes da agressão.

Edjane afirmou, por ligação, que pedia calma ao ex-vereador e o mesmo gritava que quando Sales Júnior fosse prefeito “que na cabeça dele isso vai acontecer, ele ia acabar comigo e com o vereador Diogo”.

A Secretária de Assistência Social afirmou que tem certeza que o presidente da Câmara não concorda com esse tipo de atitude e que essas ações devem ser reprimidas, uma vez que ela não é a primeira vítima no interior do poder legislativo.

“Eu enquanto mulher, enquanto advogada vou levantar essa bandeira, não aceito. Eu estou tendo um ato de coragem porque denunciar um tipo de atitude como essa dentro do Poder Legislativo não é fácil. Mas, enquanto mulher, eu não baixo a minha cabeça, o povo me elegeu para representar o povo e trabalhar por Patos e não por interesses pessoais. Então, eu tenho sim que fazer esse tipo de denúncia”, explicou Edjane.

A secretária esteve ontem (quinta-feira, 18) em João Pessoa onde participa de reuniões a respeito de convênios para o município e, ao retornar a Patos, irá representar contra Marcos Eduardo.

O site deixa o espaço aberto para que o ex-vereador possa manifestar sua versão.

 

Com Blog do Jordan Bezerra