Val Donato conta suas “coincidências” com Cássia Eller e fala das simbologias do projeto “Nós, Voz, Eller”

Para cantora e compositora, show inédito será marcado por momentos de muitas emoções, com repertório que trará histórias de músicas icônicas

Quando a cantora e compositora Val Donato escutou a música “Malandragem” em plena adolescência, a identificação com a letra da canção e com a voz de Cássia Eller foi imediata. Anos depois, com uma carreira autoral consolidada, Val subirá ao palco para um show especial, ladeada pelo guitarrista Walter Villaça e pelo baixista Fernando Nunes, amigos e músicos que faziam parte da banda de Cássia. “Nós, Voz, Eller” é o projeto inédito, que entre riffs e emoções, fará homenagem à cantora Cássia Eller, no dia 14 de janeiro, no Clube Cabo Branco, às 20h, em João Pessoa.

Val conta que sempre houve muitas expectativas sobre um possível tributo a Cássia Eller. Ela já tinha feito tributos a Chico Science, Bob Marley, Legião Urbana, Cazuza. Vislumbrar uma homenagem a Eller chegou com o tempo, com a maturidade como artista e uma carreira autoral consistente.

E como para coroar a ideia, veio a aproximação com Walter Villaça e Fernando Nunes que, juntos com Guegué Medeiros e Helinho Medeiros, formam a banda que tocará no tributo.

“Eu me sinto muito honrada em ser acolhida por esses músicos incríveis que acompanhavam Cássia. Eles tinham uma relação para além da música, eram amigos pessoais dela. Para mim que não pude ter nenhum contato com ela, é muito emocionante. Sou muito grata à vida que me trouxe a possibilidade de conhecê-los e de, naturalmente, firmar uma amizade com eles a ponto de fazer esse show junto com eles. Como artista, estou muito feliz”, disse.

Coincidências especiais – Para Val, particularmente, é mais que um tributo. Foi conhecendo o trabalho de Cássia Eller que ela se viu artista, cantora, compositora. Daí para os palcos foi um passo certo. Personalidade forte, rock pulsando nas veias, atitude, ousadia e liberdade também são marcas de Val. Assim como eram em Eller.

“Para além disso, tem uma simbologia que mexe muito comigo. Cássia se foi com a idade que tenho hoje. Eu terei a oportunidade de virar os 40 anos na noite dessa homenagem. Cássia começou a cantar no ano em que eu nasci. Nós temos 20 anos de diferença de idade, tempo que a Cássia se foi. Então tem várias coisas nesse sentido que fazem esse show mais especial ainda. O pai da Cássia era paraquedista. O meu também. Não é algo tão comum. Tem muitas sintonias. Não tenho dúvida que será um noite emocionante”, falou Val.

Repertório – O show tributo está previsto para durar duas horas. Difícil mesmo foi escolher as músicas que farão parte deste repertório. Val explica que, por conta das circunstâncias, tudo foi discutido à distância. Com certeza, estarão as icônicas como “Malandragem”, “All Star”, “Por enquanto”, entre outras.

“São muitas músicas. Escolhemos as que a gente identifica logo com a Cássia e algumas músicas foram escolhidas a partir de histórias particulares que Walter e Fernando viveram com Cássia. Algumas surpresas que a gente tem é contar essas histórias, um pouco dessas relações afetivas, que marcaram a trajetória deles com Cássia”, explicou.

O projeto “Nós, Voz, Eller” já tem propostas para ser apresentado em outras cidades brasileiras. Atualmente, Walter Villaça toca na banda de Nando Reis e Fernando Nunes integra a banda de Zeca Baleiro e a banda do Altas Horas. Val Donato também tem suas agendas. Ainda assim, acrescentou a cantora, haverá todo um esforço para que o tributo alcance mais público Brasil afora. Com certeza, é um desejo de muitos fãs.

Serviço:

Show “Nós, Voz, Eller”
Ingressos: Loja Furtacor (Mag Shopping) ou Ingresso Nacional: https://www.ingressonacional.com.br/evento/17963/show–nos-voz-eller
Data: 14 de janeiro de 2022 (sexta-feira)
Local: Clube Cabo Branco, em João Pessoa
Hora: 20h